Galati Odontologia

São suportes ou estruturas de metal (titânio) posicionadas cirurgicamente no osso (maxila ou mandíbula) abaixo da gengiva para substituir as raízes dentárias. Uma vez colocados, permitem ao Implantodontista a montar dentes substitutos sobre eles. Por serem integrados ao osso, os implantes oferecem um suporte estável para os dentes artificiais.

Implante Dentário Unitário

    São implantados por meio cirúrgico diretamente no osso. O período da osteointegração (integração ao osso) leva em média 4 a 6 meses dependendo da região a receber o implante.

     Após este período, uma segunda cirurgia é necessária para ligar o implante ao meio bucal, nesta fase o Implatodontista remove a gengiva que está recobrindo o implante e finalmente, um dente artificial é conectado ao implante.

Prótese Protocolo

   Prótese total implantosuportada e implantoretida, fixada sobre 4 a 8 implantes em média, este tipo de prótese é parafusada e retirada apenas pelo Cirurgião-Dentista, é uma prótese que confere boa estética e é uma ótima opção para quem pretende fugir da dentadura, o único incoveniente é que este tipo de prótese é mais difícil de ser higienizada pois todos os dentes são conectados entre si, exigindo bastante cuidado do paciente

 

Prótese Overdenture

    Prótese total removível sobre implante, este tipo de prótese é mais barata que a prótese protocolo porque exige menos implantes (2 a 6 em média) e é confeccionada em resina. 

Esta prótese é como uma dentadura, porém, tem um encaixe em uma barra que conecta os implantes à prótese, conferindo a esta mais estabilidade e retenção. 

Esta prótese pode ser retirada pelo paciente e por isto a sua higienização é facilitada.